Baile das Comadres

O Baile das Comadres, é um baile tradicional que se realiza na freguesia de Oliveirinha há mais de cem anos, na quinta-feira que antecede o Carnaval.

Ao longo da sua existência, embora sempre se tenha realizado, o Baile das Comadres já passou por várias vicissitudes e muitos foram os seus organizadores.
A Casa do Povo que há mais de sessenta anos, cedia as suas instalações para a realização do evento, por entender que os seus fins estavam a ser desvirtuados, assumiu a organização a partir de 1992.

Assim, um grupo nomeado para o efeito, anualmente faz uma listagem de todos os rapazes e raparigas solteiras.
Os nomes são colocados em dois sacos diferentes.
No intervalo do baile, são tirados sucessivamente um nome de uma rapariga e outro de um rapaz que serão “compadres”.
Na Quarta-feira de Cinzas, a comadre oferece uma prenda ao compadre e este por sua vez, retribui no Domingo de Páscoa.
É portanto uma tradição centenária de cariz regional e ao mesmo tempo familiar.
Antigamente os pais munidos com os seus farnéis, acompanhavam as filhas ao baile que além do aspecto lúdico, tinha também as funções de promover uma sã convivência e confraternização entre as famílias.
Hoje embora já ninguém traga o seu farnel, de uma forma geral, as famílias acompanham as filhas e os filhos.
De salientar que além dos sócios da Casa do Povo, os rapazes e raparigas (compadres e comadres), têm entrada gratuita.
Porque se trata de um baile de carnaval, há sempre alguns mascarados que também são identificados em local próprio destinado a ocultar a sua identidade.
Os eventuais lucros obtidos com a realização do Baile, revertem sempre para fins de solidariedade social.

 

 

 

Dados adicionais